Dia Nacional do Teatro é celebrado no Espaço Cultural Escola Sesc

Cia de Teatro Manual, com a peça "Hominus Brasilis". Foto: Divulgação.

Cia de Teatro Manual, com a peça “Hominus Brasilis”. Foto: Divulgação.

No dia 19 de setembro é comemorado o Dia Nacional do Teatro, e como não poderia passar despercebido, o Espaço Cultural Escola Sesc através do projeto Aldeya Yacarepaguá,  promoverá um Intercâmbio entre a Cia de Teatro Manual (foto) e a Cia. Cortejo, às 13h. A atividade, gratuita, visa trocar experiências entre os grupos gerando novas possibilidades de trabalho e integração entre eles. O objetivo do encontro é estreitar as relações artísticas, proporcionando a abertura de mercado para atores e companhias de teatro, ampliando o conhecimento artístico e o reconhecimento de nossas identidades culturais.

SERVIÇO:

Intercâmbio Entre A Cia. De Teatro Manual (RJ) E A Cia. Cortejo

Local: Espaço Cultural Escola Sesc

Endereço: Avenida Ayrton Senna, 5677 – Jacarepaguá

Horário: 13h às 19h

Informações: (21) 3214-7404 | espacocultural.escolasesc.com.br

espacoculturalescolasesc@gmail.com

Sinopse: O intercâmbio é uma troca de experiências que será realizada pelos grupos com o intuito de gerar novas possibilidades de trabalho e integração entre eles. O encontro é uma oportunidade de aproximar grupos que tenham afinidades estéticas e criar um espaço de relacionamento e conversas.

 

Sobre as Companhias:

A carioca ‘Cia de Teatro Manual’ (Dio Cavalcanti, Helena Marques, Matheus Lima e Patrícia Ubeda) se dedica à pesquisa do espaço cênico e do corpo expressivo. Aproveitando pequenos espaços e apostando no humor, a montagem “Hominus Brasilis” foi indicada na categoria Melhor Direção no Prêmio Shell 2014 e na Categoria Especial do Prêmio Cesgranrio 2014 – traz uma proposta cênica inédita no Brasil: a linguagem da plataforma, em que os atores atuam o tempo todo num espaço de apenas 2 metros quadrados. A peça “Hominus Brasilis” também faz parte das atividades gratuitas do Aldeya Yacarepaguá, no dia 17, às 19h30.

Depois de dirigir 18 peças no Rio de Janeiro, o jovem de Três Rios, Rodrigo Portella  decidiu voltar para a cidade natal e criar a sua própria companhia. Assim surgiu, em 2010, a ‘Cia Cortejo’, jovem trupe de atores do interior que tem conquistado público e crítica. A primeira montagem da companhia, “Uma História Oficial”, percorreu inúmeros festivais e arrematou uma indicação ao Prêmio Shell na categoria Melhor Direção para Rodrigo Portella, também autor do espetáculo. Com a peça mais recente, “Antes da Chuva”, a Cia Cortejo participou do Festival de Curitiba e do Festival Cena Contemporânea, de Brasília. A peça será encenada no Espaço Cultural Escola Sesc no dia 18, ás 19h30, também de graça.