Sarau com poesia e muito samba na Fnac do Barra Shopping

O poeta, ator, produtor e diretor teatral Adilson Dias (em pé com o microfone), recitando um poema seu durante o encerramento do evento: “Rio Visto e Verso”, na Fnac do Barra Shopping

O poeta, ator, produtor e diretor teatral Adilson Dias (em pé com o microfone), recitando um poema seu durante o encerramento do evento: “Rio Visto e Verso”, na Fnac do Barra Shopping

A poesia e o samba tomaram conta da Fnac do Barra Shopping no dia 6 de Fevereiro de 2013, em uma quarta-feira. Neste dia aconteceu o encerramento do sarau literário: “Rio visto e verso”, idealizado e organizado pelo produtor, poeta, ator e diretor teatral Adilson Dias, que recitou e cantou poemas seus juntamente com o grupo Samba.com, que tocou releituras de samba e uma música autoral. Uma matéria sobre um outro sarau ocorrido na Fnac, organizado por Adilson e mais uma outra pessoa e ainda com o apóio e incentivo da diretora de comunicação da Fnac, foi publicada aqui no Barra da Cultura: “Sarau na Fnac”.

O projeto “Rio visto e verso” acontecia desde 2012 e eram sobre poemas de Adilson que eram cantados por ele, todos sobre a cidade do Rio de Janeiro. O produtor e poeta já se apresentou com voz e violão por duas vezes anteriormente na Fnac, no Oi Futuro, em Ipanema e em Campo Grande com convidados. Adilson contou sobre os poemas que viraram sambas: “Voltei de um festival de contos em Cuba e passei a incorporar  sambas, o primeiro veio enquanto eu batucava em uma panela e agora são mais de 60 sambas.”

O Grupo: Samba.com e Adilson Dias. Da esquerda para a direita: Thiago Martins (percussão), Logan Francisco (percussão), Mazinho (voz e percussão), Adilson Dias, Nilson dos Santos (cavaco) e Oseias Souza (violão)

O Grupo: Samba.com e Adilson Dias. Da esquerda para a direita: Thiago Martins (percussão), Logan Francisco (percussão), Mazinho (voz e percussão), Adilson Dias, Nilson dos Santos (cavaco) e Oseias Souza (violão)

O ator e diretor teatral comentou sobre o Samba.com, que foi ele o responsável por levar o grupo para a Fnac: “Acho uma quebra de paradigma trazer esse pessoal desse grupo, que são de uma comunidade, que é a Cidade de Deus, para o palco da Fnac, onde grandes artistas se apresentam”.

Adilson recitou e cantou duas músicas suas, que também são poemas, com o Samba.com : “Mãos pretas” e “Hora Santa”.  A primeira música, ou poema, fala sobre os negros e a segunda é sobre a hora de trabalhar, de pegar o trem e fazer as refeições.

Adilson Dias e a poeta Marisa Vieira

Adilson Dias e a poeta Marisa Vieira

A poeta Marisa Vieira esteve presente no evento. Ela já foi entrevistada pelo Barra da Cultura na matéria: “Calçadão da alma”, sarau ocorrido em um quiosque na praia da Barra chamado Zooom-In, onde ela foi convidada. Marisa também já foi convidada três vezes do sarau Performance 8, citada nas três matérias do Barra da Cultura sobre o evento:  “Convidados do Performance 8 de 20 de Junho”, “Quarta edição do Performance” e “Noite mágica, mística e quântica em mais uma edição do Performance 8”. Marisa disse que conhece Adilson há cerca de três anos. “Conheci ele através da juíza Telma Fraga, idealizadora e organizadora do Projeto Grão, que faz um trabalho muito importante de ressocialização em presídios e com meninos de rua”, disse a poeta.

O Grupo Samba.Com se apresentando

O Grupo Samba.Com se apresentando

O Samba.Com existe há 13 anos e seus integrantes são da Cidade de Deus. Todos trabalham de carteira assinada durante o dia e à noite fazem shows. O grupo é formado por : Thiago Martins e Logan Francisco na percussão, Mazinho na voz e percussão, Nilson dos Santos no cavaco e Oseias Souza no violão. Samba.com possui vários parceiros e passaram a compor há pouco tempo, Logan é quem compõe a maior parte das músicas.

Mazinho comentou que o nome do grupo era para ser Samba com Brasil: “Mas preferimos nomear o grupo como Samba.com por causa da internet, que estava começando a se popularizar no ano 2000”, explicou ele. Mazinho disse ainda que conheceu Adilson quando o produtor precisava de uma pessoa para tocar percussão em uma peça teatral na Cidade de Deus. “Ele é um iluminado e bom de espírito”, elogiou o cantor e percussionista.

Durante o sarau na Fnac, Samba.com tocou releituras de samba e a música autoral: “Amor em Nova York”. Samba.com pretende gravar, depois do Carnaval de 2013, três músicas com o parceiro Charlles André, ex integrante do grupo de pagode Os Morenos.

Samba.com toca toda sexta-feira às 22:30 hs na Taquara, em Jacarepaguá.” Tocamos na estrada do Rio Grande, no antigo sítio da Vovó, ao lado do Big Batata”, disse Mazinho.

Os contatos do Samba.Com são: familiasamba.com@hotmail.com  e Nilson: Tel: 7881-4916 / Id: 104*168470 e Mazinho: Tel: 7887-2846 / Id: 12*100867

Abaixo um vídeo produzido pelo Barra da Cultura com Adilson Dias cantando seus poemas: “Mãos Negras” e “Hora Santa”, e ainda o grupo: “Samba.com” tocando uma música autoral: “Amor em Nova York.”:

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s